segunda-feira, 5 de outubro de 2015

O raio de luz sobre a infância e Albert Einstein!

E a primavera vem trazendo outros aniversários, outros ciclos...Amanda amiga de minha pequena e minha também completou também sete anos. Idade que traz nas crianças o desejo de mais independência do querer estar mais com os amigos e menos com os pais, fase que desejam correr mais riscos, fazer suas próprias escolhas. Para mim como mãe período de grande adaptação, a autonomia precisa ser dada. Mas requer avaliação, enxergar a medida entre o desejo do pequeno e até onde vai o limite da liberação. E ainda mais o cuidado de não começar a ceder a sociedade e tolher a imaginação, a ludicidade. Bem, vou também observando os amigos de minha filha, vejo o desenvolvimento de uns diferir entre uma atividade e outra. Para Amanda a escolha do livro tinha de ser especial. Fiquei assim entre dois livros: a música e a ciência. Ambos falando sobre o desenvolvimento de duas personalidades do crescimento a fase adulta e suas influência nas escolhas. O livro Um Raio de Luz - reconta a história de Albert Einstein de Jennifer Berne e ilustrações Vladimir Radunsky, Cia das Letrinhas,  convida o leitor a viajar pela imaginação de um menino distraído imerso em suas inquietações e que contribuiu e ainda contribui para o desenvolvimento da humanidade. O ponto marcante pra mim foi exatamente esse, ele vai na contramão do que a sociedade preza: ele foge dos padrões pré-estabelecidos do que seria um doutor, um cientista padrão e quebra paradigmas. Resgata a importância da imaginação, o pensamento livre. Bom para os pequenos e maravilhoso para os adultos. 







Outro livro que me encantou fala sobre infância de Keith Richards sobre a relação com o avô Gus que o apresentou a música. Keith conta as histórias das aventuras que passava com o avô nas caminhadas que faziam pela cidade, o que incluía dormir sobre árvores admirando as estrelas e idas a oficinas de instrumentos musicais. Tudo lindamente ilustrado pela bisneta de Gus, filha de Keith. Terminei a leitura de Gus com nostalgia, uma saudade desse avô da memória de Keith. Por conta do amor pela música transmitido pelo avô Keith Richards tornou-se um dos maiores guitarristas do mundo. Ele faz parte da banda Rolling Stone.






Nenhum comentário:

Postar um comentário